Seja Bem Vindo(a) e volte sempre ao Blog do André Nilton Comunicador!!!

Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

My Great Web page

Seguidores

segunda-feira, maio 07, 2012

Cinco municípios baianos cancelam festejos juninos por causa da seca.



image
Em alguns municipios a alternativa foi reduzir os festejos

Cinco municípios atingidos pela seca na Bahia já cancelaram os festejos juninos deste ano até este sábado (5).

O cancelamento foi realizado em Muquém do São Francisco, no médio São Francisco, Várzea Nova, Tapiramutá, Filadélfia e Miguel Calmon – todas no norte do estado.

Além disso, as comemorações foram reduzidas de cinco para três dias nos municípios de Macaúbas e Maracás, no sudoeste da Bahia.

Em Anagé, a festa foi reduzida de oito para três dias. Já em Jaguarari, que fica no norte, a população perdeu um dia de festa – passou de quatro para três – e a prefeitura disse que a grade de atrações será reformulada com bandas “mais baratas”.

Na sexta-feira (4), as prefeituras das cidades de Amargosa e Cruz das Almas confirmaram a realização da festa. Já em Senhor do Bonfim, a administração ainda não tem certeza sobre o acontecimento dos festejos.

Cidades atingidas gastam R$ 2 mi com festas juninas


Apesar da recomendação feita pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) para que os gastos com as festas de São João fossem drasticamente reduzidos em função da grave seca que atinge o estado, somente sete cidades cancelaram os festejos até o momento.

Para exemplificar a tendência contrária, o jornal A Tarde listou três municípios que, juntos, irão gastar quase R$ 2 milhões. De acordo com a matéria, as prefeituras de Campo Formoso, Senhor do Bonfim e Piritiba assinaram, entre fevereiro e abril deste ano, termos de inexigibilidade de licitação para contratar bandas em um valor total de R$ 1,98 milhão.

O valor corresponde a aproximadamente 20% dos R$ 10 milhões liberados pelo governo federal para os 161 municípios baianos em situação de emergência. Consultados, os prefeitos disseram que pretendem diminuir os valores e que irão atrás de mais patrocinadores.

Já o presidente do TCM, Paulo Maracajá, lembrou que, em caso de gastos exagerados, a Corte acionará o Ministério Público para a tomada de medidas cabíveis.

Fonte: A Tarde, Extraído do Interior da Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fotos aéreas de Ichu Bahia, breve mais imagens internautas!

Colaboração do Fotografo ACL o Popular Mala Veia.