Seja Bem Vindo(a) e volte sempre ao Blog do André Nilton Comunicador!!!

Ouça a nossa Rádio Independente FM 104.9

My Great Web page

Seguidores

segunda-feira, maio 23, 2011

Fiéis lotam o Parque de Exposições na cerimônia de beatificação de Irmã Dulce.

Fé, persistência e tranquilidade não faltaram aos milhares de devotos que compareceram à cerimônia de beatificação de Irmã Dulce, realizada neste domingo (22), no Parque de Exposições de Salvador. A solenidade compõe uma das etapas do processo de canonização da freira baiana que, a partir de agora, passa a ser chamada de Bem-Aventurada Dulce dos Pobres. De acordo com o coronel bombeiro da Polícia Militar Sergio Silva Pessoa, mais de 65 mil pessoas compareceram ao evento, cuja realização contou com o suporte de vários órgãos da administração estadual, desde a cessão do Parque de Exposições à instalação de serviços de saúde e de segurança pública. Além de milhares de fiéis, também participaram da cerimônia dedicada à primeira beata nascida na Bahia autoridades religiosas e políticas como o núncio apostólico do Brasil, dom Lorenzo Baldisseri; o arcebispo de Salvador e primaz do Brasil, dom Murilo Krieger; o representante do Vaticano na cerimônia, dom Geraldo Majella; a presidente da República, Dilma Rousseff; o governador Jaques Wagner e a primeira-dama Fátima Mendonça; o presidente do Congresso Nacional; ministros de Estado e o prefeito de Salvador. Os portões do parque foram abertos ao meio-dia. Além de oferecer espaço para a missa no Parque de Exposições, as avenidas do Centro Administrativo da Bahia (CAB) também foram disponibilizadas para que centenas de ônibus que conduziram boa parte do público pudessem estacionar. Tudo era monitorado por guarnições da Polícia Militar que, além das rondas, se posicionaram em locais estratégicos da Avenida Paralela e adjacências. O céu nublado indicava que o sol não apareceria. Em alguns momentos, a chuva fez com que os fiéis vindos de vários cantos do país recorressem a capas plásticas e guarda-chuvas. Mas a manifestação da natureza não tirou o brilho e a emoção da festa. Tradicionalmente, eventos religiosos transcorrem com tranquilidade. Mesmo assim, a Secretaria da Segurança Pública (SSP) mobilizou 700 policias entre militares e civis. A Polícia Militar disponibilizou 500 homens e mulheres e 96 bombeiros, que atuaram dentro e fora do parque. Dez profissionais médicos distribuídos em duas viaturas de resgate do Salvar se mantiveram atentos todo o tempo, mas, segundo a capitã médica Silvana Magalhães, sem grandes ocorrências. “Estamos com unidades preparadas para atendimento e resgate avançado, inclusive em casos de maior gravidade”. De acordo com a médica, até as 19h, faltando pouco para terminar o evento, não foram registrados casos de maior gravidade. “Apenas pequenas ocorrências que foram encaminhadas para observação em um dos postos médicos que estão instalados aqui”. A estrutura logística, a segurança e a organização do evento fizeram com que fiéis se sentissem à vontade e manifestassem a torcida para que a agora Bem-Aventurada Irmã Dulce seja, em breve, considerada santa. “Tudo muito organizado. Estou muito feliz. Eu vi o trabalho dessa beata que em breve será santa. Ela pegava tomate na feira para fazer sopa para os pobres. Já me emocionei muito aqui hoje”, disse a potiguar Cecília Pinheiro Corrêa Lima, 65 anos. A professora aposentada Janice Cyrino, uma das muitas comadres de irmã Dulce, aproveitou a parte coberta do Parque de Exposições para acompanhar a missa. “Está tudo muito bom. Vim aqui com muito amor, muito carinho. Muita gente e está tudo muito tranquilo. É um momento maravilho que nos deixa emocionada”, declarou. Um dos momentos mais marcantes e que emocionou o público foi a entrada da imagem do Senhor do Bonfim. Mesmo com tanta gente, o soteropolitano do bairro da Caixa D’água, Evandro dos Santos, e a família se sentiram confortáveis. “O espaço foi bem adequado e as acomodações estão muito boas”. De acordo com o tenente-coronel Lázaro da Luz os profissionais da segurança pública atuaram antes, durante e após a cerimônia de beatificação. “O evento está tranquilo, até pelo perfil do público, religioso e de índole calma. Realizamos apenas uma prisão que foi a de um cambista que estava vendendo o ingresso que deveria ser doado e não comercializado”. Um posto da Polícia Civil, sob o comando da delegada Crhisthiane Coelho, também reforçou o aparato da segurança pública no evento. Toda a cerimônia de beatificação foi transmitida ao vivo pela TVE Bahia.
Fonte: Agcom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fotos aéreas de Ichu Bahia, breve mais imagens internautas!

Colaboração do Fotografo ACL o Popular Mala Veia.